Mas afinal para que eu preciso de um iPad?

Será que é mais uma daquelas geringonças que já nascem obsoletas? Um novo lixo tecnológico que vai parar no fundo das gavetas?